Atenção, o texto contem spoiler… Darty John – O Golpe do Amor é uma série baseada em fatos reais que acaba de estrear na Netflix! Ela retrata com muita delicadeza a mulher que sonha com o amor de verdade e que não desiste de encontrá-lo mesmo depois de 4 casamentos fracassados! Espanta a semelhança da série com o caso real e também me admirou o lançamento ter acontecido no Brasil, na mesma semana que aconteceu o espancamento da empresaria no Rio de Janeiro. Vale a pena assistir!

Dirty John nasceu de um podcast muito popular, ouvido por mais de 50 milhões de pessoas ao redor do mundo (disponível no Spotify). Nele, são destrinchados cada passo desse caso, nos mínimos detalhes. As três vítimas do vigarista … – Leia mais em https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/series/historia-real-de-dirty-john-mistura-walking-dead-com-terapia-24981?cpid=txt

Segue a história:

Com duas filhas adolescentes, a designer de aproximadamente 50 anos, tenta incansavelmente conhecer homens pela internet e acaba caindo na lábia de um aproveitador! Ela estava em busca de um amor e ele a procura de uma vítima!
Qualquer uma poderia se tornar um alvo, mas ela era o perfil ideal para ele!

Carente, solitária, bem sucedida profissionalmente, aparentemente esperta, mas como sonha em ser feliz no amor, se entrega e confia! A filha mais velha, já acostumada com os abusadores que vivem à espreita do reconhecimento de sua mãe, constantemente tenta alertar a mãe, mas não obtém sucesso!

Jonh finge ser um médico e vive dando desculpas sobre suas escapadas e sumiços… Depois revela que é enfermeiro, mas sua história envolve uma paciente dita por ele como louca…

O filme aborda um assunto muito comum e toca em um ponto muito delicado que é a fragilidade feminina em relação às investidas românticas e idealizadas repetidas por homens sem escrúpulos, que se aproveitam da inocência e do bom coração de mulheres em situação de vulnerabilidade afetiva!

A procura de uma felicidade idealizada, a protagonista se joga com tudo nessa aventura amorosa que ela mesma criou e acaba quebrando a cara! Lógico, depois de um bom tempo e depois de perder quase tudo!

O abusador primeiro afaga, depois percebe a objeção clara das filhas dela com relação ao envolvimento dele com a mãe e começa a colocar a mãe contra as filhas!

Aproveitador profissional, aproveita uma viagem para Lãs Vegas para a envolver em um jogo de sedução! Adivinhem? Spoiler a vista: Ela cai e se casa com ele, contrariando as filhas!

Ele é tão cativante e sensível que é praticamente impossível desconfiar de suas boas intenções!

Ela esconde esse casamento das filhas pois inconscientemente ela sabe que está cometendo um despautério, afinal, eles só se conhecem a 8 semanas! Envolvente, ele tenta interferir aos poucos na vida financeira da sua vítima!

O filme trata da difícil relação de uma mãe solteira com as filhas já crescidas e dos dilemas das relações afetivas de meninas com suas mães quando as mesmas não conseguem estabelecer relacionamentos saudáveis com o sexo oposto!

Uma das filhas que sente o perigo rondando, contrata um detetive e está muito fragilizada e elas vivem muitos embates emocionais durante a trama toda!

Fazendo uma leve análise da relação que a protagonista tem com sua mãe, já dá pra perceber o tanto que a mãe impregnou conceitos de um amor idealizado na sua filha e fica claro o por que Deb se tornou essa mulher fácil de se manipular!

Debra vive uma indecisão se fica ou foge desse sociopata, acreditando que com sua bondade poderá fazer com que ele perceba que suas atitudes estão erradas, ele sempre jurando amor e que iria fazer com que ela sentisse orgulho dele, mesmo ela já tendo descoberto todo seu histórico de agressões e crimes, chega a ser perturbador. Mas acontece… Muitas mulheres se submetem a isso!

Quantas histórias já ouvimos por aí de mulheres que conheceram o amor de suas vidas pela internet e tiveram suas vidas dilaceradas por eles? Uma história baseada em fatos reais que teve uma versão brasileira que intriga de tão semelhante. Assistam e avaliem!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!