Ela é tão solta, tão saudosa, tão intensa porque já se perdoou mais de mil vezes! Ela já mostrou a si mesma que conseguiu vencer. Ela tem sonho nas asas e esperança no peito.

Ela precisa ser cativada para esboçar o sorriso da alma!

Ela precisa ser amada para que o coração decida ficar.

Ela já se perdoou mil vezes.

Ela tentou novamente.

O caminho dela não é pesado porque não fez dele um fardo.

Ela sente que algo mais humano e profundo se enraizou e a fortaleceu. Por isso, ela encostou a porta e tem sido mais paciente.

Ela sabe que nada é para sempre; por isso mantém o movimento entre a alma e o espírito; entre a energia da vida e seus ciclos.

Em cada instante dela, houve um tempo onde se permitiu.

“O que tiver que ser, será”. Essa é a maneira mais franca que ela encontrou de ser honesta consigo mesma e de enfrentar a realidade do agora. Isso que a faz acreditar, confiar e prosseguir.

Ela tem feito o que acha certo.

Tem enviado preces e buscado luz.

Para ela, chegar até a própria alma é como caminhar por labirintos que testam a sua capacidade espiritual.

É onde ela se enxerga, onde sente, onde se ouve, onde respira.

E a prece é o que cura e acelera o processo de paz e edificação dela.

Ela tem feito por ela, por quem precisa, por quem ainda não aprendeu o caminho do perdão.

Em silêncio, sem alarde, sem drama, vai abrindo espaço pro seu interior se manifestar diante da luz de Deus.

Ela sim tem feito o que precisa.

Por isso, sente renovação e leveza.

Por isso, ela sente que está em boas mãos.

Ela só sente essa paz a invadindo e a curando porque já se perdoou muito mais que mil vezes, não se culpa mais, e se entrega ao aprendizado que a vida traz!

VOCÊ SABIA QUE O SEU AMIGO GURU ESTÁ TAMBÉM NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK? TODOS OS DIAS UM CONSELHO IMPORTANTE PARA VOCÊ!

Foto: mocah.org

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.