A pesquisa realizada pelo site Rover.com, que presta o serviço de encontrar novos lares para pets abandonados, descobriu que 65% dos donos de cachorros admitem tirar mais fotos de seus cães do que de seus cônjuges.

Além da preferencia pela selfie com seus animais de estimação, o levantamento intitulado The Truth About Dog People revelou que 54% das pessoas preferem terminar um relacionamento caso os seus pets demonstrem não gostar do seu parceiro.

E ainda concluiu que 47% dos donos de pet possuem dificuldade de se separar de seus animais caso tenham necessidade de viajar, e precisem deixar seus pets com o outro cônjuge por mais de uma semana.

Mais de metade dos entrevistados, cerca de 56%, afirmaram que cumprimentam seus animais antes de qualquer outro membro da família ao chegarem em suas casas.

94%, praticamente todos os donos de pets que participaram da pesquisa revelaram que consideram seus animais como parte da família.

A pesquisa concluiu que os donos de pets acreditam que o amor de seus animais é mais importante para eles do que o amor de qualquer outro ser humano.

O que vocês acham disso? Preferem tirar uma foto com os pets ou com o seu esposo ou esposa? Se seu companheiro não gostar de animais, você continua a relação ou prefere terminar?

Essa é sem dúvida uma escolha difícil para muitas pessoas que não possuem pets em casa, mas para quem se dedica a esse amor incondicional, pelo que percebemos na pesquisa, essa escolha se torna bem mais fácil.

Para os donos de pets a escolha pelo seu animalzinho é inevitável e inegável. E o companheiro ou companheira é obrigado(a) a entender que não existe nada nem ninguém mais importante nesse mundo do que o seu cãozinho.

**Com informações de Rover.com

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!