Cuide-se, ame-se, respeite-se!!! Você precisa descobrir o que te faz bem!

Eu tenho uma certa dificuldade em colocar pontos finais e fechar ciclos. Tenho defeitos incontáveis, e por este motivo procuro relevar os erros alheios assim como eu desejo que relevem os meus, e acreditem, não são poucos.

Já entrei em processo de cura sem permitir com que o outro percebesse que a ferida que estava sendo tratada em mim tinha sido causada por ele, e jamais permiti que o meu coração se trancasse para o amor, o perdão e a bondade.

Por ser assim, já me atropelei por diversas vezes, e já me decepcionei outras tantas, e não me arrependo de ter feito o bem a alguém.

Mas também tenho aquele lado do basta, já chega, não aguento mais, pra mim já deu, e confesso a você que quando chego neste nível não olho para trás!

Não sustento histórias, e faço o possível para carregar comigo só o que realmente me fará bem na caminhada! Sem remoer o que não foi bom ou desejar o mal de alguém, até mesmo porque cada um colhe o que planta, e Deus não nos colocou como Juiz sobre a vida de ninguém.

Confesso a você que eu também sou super fã das voltas que o mundo dá, e o que eu espero delas tem muito a ver comigo, com as mudanças que precisam ser feitas em mim, e com as melhoras que precisam ser abraçadas por mim.

Sou bem presente na vida, e sou bem resolvida também.

Não sofro por muito tempo, não prolongo luto, não saio culpando ou ferindo ninguém pelas minhas frustrações, e não romantizo partidas.

Se deixo ir, não é por amor ao outro, ilusão isso, é por amor a mim.

Esse deixar ir tem a ver com libertar quem não quer ficar, quem já nos deixou pelo coração faz tempo, quem brincou com os nossos sentimentos, e pronto.

Isso não é vergonha pra ninguém, nem derrota, pelo contrário, quem abre a porta se liberta também.

Se liberta do engano, da mentira, das desculpas, do descaso, e do falso amor.

Cuide-se!Você precisa descobrir o que te faz bem!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cecilia Sfalsin
CECILIA SFALSIN, EVANGÉLICA, Filha do Deus altíssimo. Autora dos livros: Seguir em frente e Minha vontade de vencer é maior. Desprendida, é assim que me descrevo. Levo a vida com delicadeza, e as letras como um escape das rotinas e dos encargos que os dias nos obrigam a assumir. Sou quase amável, cristã, e apaixonada pelo autor da fé e da vida, Jesus.