Casamento é um ato sagrado e deve ser polvilhado de amor diariamente, caso contrário, nos faz adoecer!

Essa carta de uma avó para os netos no dia do casamento pode te fazer repensar a sua própria vida de casado! Sem amor, a relação adoece!

O vínculo matrimonial como forma de buscar estabilidade econômica e social, para formar família, procriar e educar seus filhos, há tempos se encontra em crise, parece que foi o vírus que nos separou uns dos outros, mas não, já estávamos separados há muito tempo!

Existem atualmente dois tipos de casamento: Os que queriam estar juntos e se apoiarem mutuamente mas não podem, e os que estão juntos tendo que engolir o gosto amargo da dura constatação de viverem casamentos infelizes.

Busquei de algumas formas ilustrar essa separação que vinhamos vivendo, e que se consolida agora, bem anterior ao vírus, onde grupos contrários disseminaram o ódio nas redes, familiares e amigos brigaram e se afastaram por conta de visões discordantes e partidárias. Analisando tudo, conclui que a loucura e a doença humana pôde ser vista por todos e foi escandalosamente exposta, denunciando o desamor que cultivamos e a importância da retomada do amor para que a tudo volte a prosperar e renasça ainda mais forte depois de tudo isso.

Até que recebi um vídeo feito pelo lindo Projeto do Dj
Dre Guazzelli
, onde ele musicaliza textos, esse, era a carta que sua avó iria ler no casamento de seus netos que aconteceu na Austrália, mas que ela não pode ir por conta da covid 19.

Vejam uma foto dos dois no perfil do Dj no Instagram:

Na hora que vi o vídeo que fala de amor, de cumplicidade, de troca e liberdade, já relacionei com a quantidade de pessoas que estão reclamando de terem que ficar em casa com os seus respectivos parceiros e parceiras, e que estão travando um desafio diário em seus lares por conta da quarentena.

Muitos casais se esqueceram de se relacionar e apenas estavam sobrevivendo aos dias. E eles perceberam isso logo nas primeiras horas de isolamento. Pois não há amor, há uma incompatibilidade, e a intolerância é tremenda.

Faltam a eles, empatia, compaixão, resiliência e respeito ao micro espaço do outro! Isso também acontece quando nos manifestamos nas redes sociais sobre as ações do governo, por exemplo, e suas implicações e impactos nas nossas vidas atuais.

Nosso país vive um divórcio litigioso que se estendeu por anos. Uma roubalheira que denunciou a falta de amor.

Onde existe amor, mal nenhum consegue fazer morada. O amor exige que deixemos de ser egoístas, que saibamos compartilhar, e principalmente nos faz solidários. Mas cadê que isso de fato acontece dentro de certos lares, bem como dentro das certas organizações do m undo todo que atropelam qualquer um, sedentas por dinheiro, e desprovidas de amor ao próximo?

Achei apropriado para o momento atual, pois estamos isolados, carentes de amor, e a maioria de nós, vem alimentando o ódio ignorante, que fortalece a intolerância e a antipatia, ações que nos afundam ainda mais.

Para vivermos uma sociedade próspera teremos ainda que aprender a viver o pleno casamento entre os seres, não só apenas os que escolheram se unir em matrimônio consentidamente, mas também daqueles que não se suportam, mas são obrigados a conviverem por diversos motivos que ultrapassam o poder de escolha.

Façamos boas escolhas e colheremos os melhores resultados delas.

Escolhamos viver em uma sociedade em que o amor e o bem nos favorecem, ou travaremos batalhas por anos a fio, contaminados pelo ódio cego, travando guerras com inimigos visíveis e invisíveis que produzimos dos nossos sentimentos mesquinhos.

Essa mensagem de uma senhora cheia de amor vai emocionar vocês e espero que todos nós possamos ter atitude, decidir sabiamente, aceitar o outro, respeita-lo, viver com cumplicidade, deixar o egoísmo de lado e dividir, mas sobretudo que, confiemos, que dias melhores virão se melhores formos!

Em nossos lares e com o restante do planeta.


Em seu perfil do Facebook, Dj Dre relata que por conta da pandemia, sua avó de 88 anos, não conseguiu ler pessoalmente uma carta que fez para o casamento dos netos que aconteceu recentemente na Austrália, ele disse:

“Dedico essa música, texto e imagens à todos nós. Pelo que estamos vivendo, pelo que já vivemos e pelo que está por vir. Esse áudio é da minha vó Wilma de 88 anos, ela acabou não conseguindo ir para o casamento de uma das minhas primas na Austrália. Esse texto seria lido “ao vivo” durante a cerimônia. 🧚🏾‍♀️ Para deixá-la mais feliz resolvi pegar o áudio e transformar em música e junto com isso fazer um vídeo. Isso virou não apenas um presente para minha avó, como para minha prima que casou do outro lado do planeta e agora terá para sempre a voz da vovó Wilma na memória infinita do coração. 🎁 Amém e além!”.

ASSISTAM:

Undream – Drenando Inconsciência – Casamento e amor

Dedico essa música, texto e imagens à todos nós. Pelo que estamos vivendo, pelo que já vivemos e pelo que está por vir. Esse áudio é da minha vó Wilma de 88 anos, ela acabou não conseguindo ir para o casamento de uma das minhas primas na Austrália. Esse texto seria lido “ao vivo” durante a cerimônia. 🧚🏾‍♀️ Para deixá-la mais feliz resolvi pegar o áudio e transformar em música e junto com isso fazer um vídeo. Isso virou não apenas um presente para minha avó, como para minha prima que casou do outro lado do planeta e agora terá para sempre a voz da vovó Wilma na memória infinita do coração. 🎁 Amém e além!

Posted by Dre Guazzelli on Wednesday, March 25, 2020


Leiam a carta na íntegra:

“Com grande emoção, atenderei ao pedido de minha neta Carolina em falar sobre casamento e amor. (CONTINUA APÓS O ANÚNCIO)

Tarefa difícil, um não vive sem o outro.

Não darei conselhos, pois cada um terá que passar pela vida e armazenar suas experiências vivendo e aprendendo a usá-las convenientemente.

Falarei o que eu aprendi à duras penas nos meus 88 anos vividos intensamente.

Queridos Carola e Greg:

Casamento é atitude, decisão, respeito, aceitação, cumplicidade, divisão, confiança.

Amor é sentimento intenso, eterno, arrebatador, espiritual, amor é dar ao outro espaço, liberdade, voar solto como o ar e o vento.

Mas as vezes é perigoso e nos cega, por isso meus amados netos espero e peço a Deus que no aprendizado que a vida vos dará, sejam felizes e unidos na tristeza e na alegria.

Como disse o poeta brasileiro Vinicius de Moraes: “Que o amor seja infinito enquanto dure”.

Eternamente, vó Wilma.”

Essa carta foi recebida pela neta, e o vídeo também, e o amor foi distribuído, compartilhado, e chegou no outro lado do mundo, agora, pretende rodar o planeta e fazer florir corações amargurados, raivosos e rancorosos, para que comecem hoje a nutrir bons sentimentos, a construir um casamento amoroso e assinem novos acordos, onde todos se sintam mais fortes juntos, e não o contrário, onde se sentem melhores isolados, cada um no seu canto, ou pior, se agredindo o tempo todo.

Que vozinha maravilhosa que você tem Dj Dre!

Que todos nós e ela passemos por essa fase de isolamento social com muito amor no coração, renovando nossos votos de amor com quem convivemos, ou conosco mesmos, caso estejamos passando pela quarentena sozinhos, todos os dias de nossas vidas!

Eternamente!


VOCÊ SABIA QUE O SEU AMIGO GURU TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS TORNARÃO A SUA VIDA MUITO MAIS LEVE E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, palestrante, produtora e editora de conteúdo do Resiliência Humana e do Seu Amigo Guru. Seu interior é intenso, sempre foi! Transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhores, para nós, e para o outro!