Britney Spears afirmou que reza para que os pais queimem no inferno. “Meu pai estava tentando me matar”, escreveu a cantora.

Britney Spears se diz traumatizada por conta dos abusos que sofreu e que não se sente pronta para voltar aos palcos devido às experiências traumáticas que viveu.

A cantora Britney Spears, depois de conseguir se libertar da tutela do seu pai, começou a se libertar aos poucos, e a fazer diversas publicações em suas redes sociais, que denunciavam as suas cicatrizes profundas. Mas ultimamente, ela tem feito uma série de posts contando as situações que viveu durante os anos em que esteve sob “tutela” dos pais.

Em um desabafo, por escrito, a artista afirmou: “rezo para que vocês dois queimem no inferno”.

“É extremamente difícil aceitar o fato de que minha família fez isso comigo. Para minha mãe e meu pai que se sentaram e esconderam café de mim em casa para eu acordar e me sentir morta e assustada, vou dizer em voz alta e orgulhosa: rezo para que vocês dois queimem no inferno”, disse Spears.

“Meu pai estava tentando me matar”

britney-spears-afirmou-que-reza-para-que-os-pais-queimem-no-inferno1
Foto: Getty Images

Ainda de acordo com Britney, ela foi forçada a se submeter a ressonâncias magnéticas e a outros exames em 2019, antes de ir para uma clínica de reabilitação.

“Fiz três ressonâncias magnéticas antes de ir para aquele lugar. Eu não estava reclamando de nada, apenas me disseram que eu tinha que ir. Era meu pai, e eu não tinha direitos na época, então basicamente eu tive que ir. Eu fiz, e imediatamente fiquei tipo, ‘Por que eu tenho que fazer essas ressonâncias tantas vezes?’. Porque quando eu era mais jovem, tive um cisto no seio, quando eu tinha, tipo, 8 anos. Eles fizeram uma ressonância porque pensaram ser câncer, mas não era, eu estava super bem”, relatou.

A cantora afirmou que acredita que o pai, Jamie Spears, estava tentando matá-la.

“Nada disso era verdade. Eu estou bem, estou viva. (…) Eles estavam apenas sendo malvados e eu realmente acho que meu pai estava tentando me matar, e espero que ele queime no inferno”, finalizou.

Ao publicar o desabafo, Britney escreveu:

“Desculpe, eu nunca vou esquecer o que aconteceu. Faz apenas 10 meses que a tutela acabou. Eu não desejaria esse tipo de dor a ninguém! É extremamente difícil para mim aceitar o fato de que minha família fez isso comigo. Vai ser difícil pelo resto da minha vida. Quanto a minha mãe e meu pai, que sentaram e esconderam café de mim, para eu acordar e me sentir morta e assustada como uma senhora, e me jogaram fora, eu digo isso em voz alta e com orgulho: eu rezo para que vocês queimem no inferno”.


Relação com os filhos

britney-spears-afirmou-que-reza-para-que-os-pais-queimem-no-inferno
Foto: Reprodução/ Instagram

No desabafo, Britney Spears ainda aparentou estar insatisfeita pelo modo que seus filhos têm lhe tratado. No começo do mês, a cantora alegou que Kevin Federline, seu ex-marido e pai de seus dois filhos, relatou que Sean Preston (de 16 anos) e Jayden James (15) sentem vergonha das coisas que a mãe posta em suas redes sociais.

Em entrevista à TV australiana, Jayden disse que a relação com a mãe é “difícil”.

“Agora meus filhos ficam falando: ‘Ela não é boa o suficiente, ela quer atenção’. Sim, eu quero ser ouvida e estou com raiva. Meio subconscientemente eu quero ofender as pessoas porque eu fui muito ofendida. Mas temo informar vocês [os filhos] que não estou disposta a vê-los até eu me sentir valorizada”, disse a cantora.

Britney ainda disse que foi bloqueada pelos filhos e que deu tanta atenção aos filhos que era patético.

De acordo com o NME, o último show de Britney aconteceu em 2017. Após o fim da turnê, a cantora não falou sobre apresentações ou turnês, mas lançou a faixa “Hold Me Closer,” com Elton John.

*DA REDAÇÃO SAG. Fonte: Aventuras na História

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!