Às vezes, temos que ignorar algumas coisas para que possamos viver em paz!

Temos que ignorar nossas inseguranças.

Temos que ignorar as vozes apocalípticas em nossas cabeças que nos levam para o inferno em vez do paraíso.

Temos que ignorar a maneira como elas nos assustam e como nos depreciam para acreditar que não somos bons o suficiente.

Temos que tentar empurrá-las de lado quando nos atacam e temos que confiar mais em nós mesmos, mesmo que não tenhamos certeza de nós mesmos.

Temos que ignorar nossa incerteza e apenas seguir em frente.

Temos que ignorar os críticos.

Temos que ignorar suas opiniões e seus conselhos, temos que ignorar suas regras e suas limitações!

Temos que ignorar as palavras tóxicas que eles usam para nos descrever e os argumentos venenosos que alimentam sobre por que não devemos fazer isso ou por que não deveríamos seguir aquilo.

Temos que ignorar suas experiências porque não são nossas e temos que ignorar suas desculpas porque é assim que eles justificam viver suas vidas e precisamos encontrar nossas próprias justificativas.

Temos que ignorar aqueles que nos deixaram para trás.

Temos que ignorar suas promessas, os planos que fizemos para o futuro, os segredos que compartilharam conosco e a maneira como nos olharam.

Temos que ignorar esses momentos encantadores porque eles não estão mais acontecendo. Eles escolheram pegar tudo de volta e nós não temos outra escolha a não ser deixá-los para trás também, porque lutar por eles pode não trazê-los de volta e, mesmo que isso aconteça, eles vão fugir novamente.

Temos que ignorar aqueles que não nos apreciavam e temos que ignorar a maneira como eles nos faziam sentir sobre nós mesmos.

Temos que ignorar algumas de nossas perguntas.

Temos que ignorar as perguntas terríveis que nos fazemos todas as noites: ‘Por que eu? Quando serei feliz? O que eu quero? Por que ainda estou aqui? ‘

Às vezes, temos que ignorar essas perguntas tentadoras e confiar que com o tempo encontraremos as respostas e que as respostas podem nem sempre ser o que queríamos.

É difícil ignorar as coisas que nos incomodam, mas é mais difícil viver com todos esses fardos, eles nos sobrecarregam se prestamos muita atenção a eles.

Sempre enfrentamos duas escolhas; ou carregamos conosco esses fardos até que nos matem ou os ignoramos para que possamos viver.

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações TC. Foto de Mahdi Bafande no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!