Aprendi com as OSTRAS a extrair algo valioso das feridas que me causaram

Nos últimos meses que se foram fiz descobertas incríveis sobre mim que foram primordiais para o meu crescimento espiritual, profissional e pessoal.

Tornei-me uma mulher fora de série, e aprendi muito sobre respeito próprio. Eu realmente pensava estar no caminho certo, até que os meus olhos se abriram, e eu pude entender que está tudo bem ser golpeada vez em quando, faz parte.

Coloquei alguns pontos finais naquilo que realmente não agregava em minha história, e transformei a minha dor em aprendizado e produção. Sim, eu disse produção.

Aprendi com as OSTRAS a extrair algo valioso das feridas que me causaram, e fui percebendo o quanto a minha essência pode ser transformadora.

Fui deixando de lado coisas, pessoas, situações e sentimentos ruins, e lentamente fui dando lugar ao novo, saindo da concha, e permitindo com que as mudanças necessárias acontecessem.

Confesso a vocês que não foi fácil, nunca é quando precisamos exercer o desapego e os distanciamentos para vivermos um caso de amor intenso e leal conosco.

A princípio parece que Deus arrancou tudo de nós e nos destruiu por dentro, mas para Ele ajeitar a nossa vida precisamos passar por essas bagunças emocionais quase sempre incompreendidas, mas com resultados inexplicáveis.

Hoje, em processo de cura, e muito bem resolvida, quero dizer a você o seguinte, só se vive uma vez, e tempo perdido é perdido mesmo, não volta, mas somos recompensados com as lições que tiramos das situações difíceis e superadas.

Os sofrimentos nos revelam que há muito mais para se viver do que imaginamos, e fazemos parte de um processo tremendo ao qual nos prepara para um propósito maior e melhor do que planejamos.

Deus sabe o que faz, e nos transformar por inteiro, nos tornando mais fortes e sábios, faz parte da sua perfeição.

*DA REDAÇÃO SAG. Foto de Svetlana Pochatun no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









CECILIA SFALSIN, EVANGÉLICA, Filha do Deus altíssimo. Autora dos livros: Seguir em frente e Minha vontade de vencer é maior. Desprendida, é assim que me descrevo. Levo a vida com delicadeza, e as letras como um escape das rotinas e dos encargos que os dias nos obrigam a assumir. Sou quase amável, cristã, e apaixonada pelo autor da fé e da vida, Jesus.