A ira tem o poder de revelar o melhor e o pior de você.

Escolha o que você quer revelar ao mundo e utilize-a a seu favor!

Tudo na vida deve ser equilibrado, essa é uma máxima que, acredito, todos concordam.

Muitas pessoas pensam que a ira é um sentimento ruim, mas poucos sabem que se ela for canalizada corretamente, poderá ser uma grande aliada para nos fazer seres extremamente proativos e criativos.

Estar irado, ou ser uma pessoa irada, não necessariamente é algo ruim.

Sim, é ruim quando nos deixamos levar negativamente pela força que ela tem, e revelamos o que temos de pior dentro de nós. Porém, é quando estamos irados que revelamos quem somos realmente.

Se temos muita raiva, se somos orgulhos, agressivos, violentos, iremos agir no momento de ira, com tudo isso em uma escala muito maior, ou seja, vamos agredir, vamos violentar, vamos causar danos, muitas vezes até irreversíveis.

Mas se temos a bondade dentro de nós, se somos pacíficos e leais, iremos reagir em um momento de ira, com um sentimento fortemente enraizado de amor e dedicação!

Seremos criativos e criaremos soluções para os problemas que enfrentamos, movidos por um forte ímpeto de ação.

Ela nos impulsiona de forma determinada a realizar algo proveitoso, algo que traga benefícios, tanto para nós, quando para o outro, ou para a situação que nos deixou irado.

A ira é uma explosão que resulta em atitudes inconscientes e conscientes.

Ira inconsciente: A ira pode nos fazer explodir com atitudes desordenadas e desorganizadas. Agir de forma explosiva, sem um raciocínio racionalizado pode trazer resultados desastrosos em nossas vidas.

A ira consciente: Para canalizar a ira de forma saudável para que ela nos traga benefícios, devemos meditar, não apenas no sentido espiritual, mas no sentido de pensar, raciocinar, de forma consciente sobre a questão que nos perturbou.

LEIA MAIS: O “pão-duro” vive o pecado da avareza e suas atitudes revelam baixa autoestima, ou seu oposto, a vaidade extrema.

Desta maneira, de forma consciente, conseguimos enxergar soluções, e transformar o que antes era dor e raiva, em algo que florescerá, em algo que surtirá um efeito benéfico, capaz de mudar a situação que assola a nossa vida, e a dos outros, para melhor.

Para aprender a revelar o que temos de melhor e utilizar a ira a nosso favor devemos aprender a não mais tomar atitudes impulsivas.

Medite sobre isso: Não revidar as ofensas trará melhores resultados para as nossas vidas!

Isso não significa que devemos ficar estáticos frente a uma situação que nos incomoda, mas que apenas devemos ponderar antes de agir, acionando a nossa capacidade intelectual para solucionar aquilo que, aparentemente, não tem solução, e que nós, em nossa ignorância, acreditamos que precisa ser revidado.

A autossuficiência nos faz entender que não precisamos revidar.

Quando não revidamos, mostramos àqueles que nos agridem que somos superiores, que somos melhores que isso. Que não precisamos disso. E essa é a melhor forma de responder a ira, é não deixando que ela nos afete negativamente.

A ira pode se transformar em ganancia! Se for exagerada e negativa: Cuidado!

Medite quando ela te alcançar!

LEIA MAIS: As Crianças aprendem a mentir com os adultos

Deixe passar o tempo!

Deixe que o tempo seja o mediador das suas ações.

Não se jogue no impulso da ira, ela será capaz de fazer você perder a compostura.

Ela poderá ser a desordem, e fará transparecer o seu estado de falta de controle que revela a sua fraqueza.

Querer aprender a utilizar a ira a seu favor revela a sua inteligência: Porque quem consegue canalizar a ira de forma positiva, se torna, não só mais inteligente, como também, um ser dotado de sabedoria.

Sabedoria é uma virtude em falta atualmente.

Ser inteligente é ser capaz de manejar um conhecimento e aplicá-lo. Muitos criminosos e assassinos são extremamente inteligentes, mas ser sábio… exige fino trato, sentimentos bons, e humanidade.

A ira pode se transformar em uma emoção assassina

No momento da ira podemos sofrer um apagão intelectual e nos tornar burros, agindo de forma irracional, e de maneira inconsequente.

Geralmente, as pessoas que agem assim possuem um descontrole emocional evidente, e revelam uma falta de amor por si mesmo e pelos outros.

A vontade que dá nessas pessoas é de “matar” o outro, mas na maioria das vezes, essa raiva irracional não leva as vias de fato, mas se formos analisar os crimes cometidos, principalmente os passionais, sempre são motivados pela ira, que é impulsionadora da vingança.

O sujeito irado que não sabe utilizar a força criativa da ira, acaba por se tornar, vingativo!

Ele não consegue controlar a necessidade de se vingar imediatamente, ou até mesmo, de planejar a vingança friamente.

LEIA MAIS: Já sentiu raiva de si mesmo por ter um coração tão bom com quem não merece?

Ele não consegue analisar a situação, e nem consegue perceber que a reação violenta só revelará a sua insegurança e a sua inferioridade.

Quando não reagimos a uma ofensa mostramos a nossa superioridade.

A raiva gera uma energia feito uma estrela que explode, e tudo se torna um imenso buraco negro!

Parece que tudo é drenado, dragado! É quando revelamos o lado negro da força, em ação!

Nesses momentos a razão precisa ser sobreposta a emoção!

E se pararmos para pensar, contar até 10, pode ser de grande ajuda.

Quando silenciamos e meditamos sobre o que nos aconteceu, sobre quem nos ofendeu, e decidimos não reagir, entendemos logo após, que se tivéssemos agido no impulso do momento, possivelmente, estaríamos arrependidos.

Mesmo achando que a pessoa ou a situação merecesse nossa fúria, não reagir, e deixar que a vida a ensine, ou que o tempo ajeite as coisas, é sinal de superioridade e de inteligência emocional.

Quando aprendemos a transformar a ira ou a raiva em energia criativa conseguimos realizar revoluções, e criar soluções que resultarão em grandes feitos!

A ira positiva é fonte motriz e pode agir em nós como impulsionadora para que possamos buscar nossos objetivos e planejar metas.

Um lutador irado, porém, disciplinado, torna-se um Vencedor, por exemplo!

Utilize a ira a seu favor e vença também!

No momento que a ira invadir você: Respira, pensa em algo bom, que te faça bem, depois pense qual seria a melhor solução para o caso.

Sem que tenha que lançar mão de subterfúgios que levem a qualquer espécie de vingança.

Ou se a situação, ou a pessoa em questão, não valem a pena, mais um motivo para não agir de maneira agressiva ou violenta.

Deixar passar, será melhor!

Uma boa maneira para se sentir melhor e se acalmar é pensar que o mundo dá voltas, e todos recebem, um dia, a resposta para a sua ação. Então deixe que a vida mostre, no seu tempo, quem estava com a verdadeira razão.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Fabiano de Abreu
Fabiano de Abreu Rodrigues é um jornalista, empresário, escritor, filósofo, poeta e personal branding luso-brasileiro. Proprietário da agência de comunicação e mídia social MF Press Global, é também um correspondente e colaborador de várias revistas, sites de notícias e jornais de grande repercussão nacional e internacional. Atualmente detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa brasileira e internacional, reconhecido por grandes nomes do jornalismo em diversos países. Como filósofo criou um novo conceito que chamou de poemas-filosóficos para escolas do governo de Minas Gerais no Brasil. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Angola, Espanha e Portugal.