Após 40 anos, Cuba elege o primeiro presidente da República!

A eleição deixou de existir em 1976 e foi restaurada com a nova Constituição aprovada em abril.

Os deputados da Assembléia Nacional de Cuba elegeram na quinta-feira um presidente e vice-presidente, bem como os principais líderes legislativos para criar um esquema de governo diferente do atual, conforme estabelecido pela Constituição emendada, que criou novas posições e funções redistribuídas, embora não Ele modificou o modelo de partido único.

Cerca de 600 deputados elegerão os principais líderes do Estado cubano, no início de um processo de distribuição de poderes que deixará para trás 43 anos de controle centralizado por Fidel Castro, que deixou a vida pública por razões de saúde e 2006 e morreu dez anos depois, para depois deixar seu irmão Raul.

A reforma busca “acentuar os contrapesos políticos, em um período em que a substituição gradual de figuras históricas na liderança se aprofunda e personalidades mais jovens que não acumularam a autoridade que ofereceu participação na luta contra o ditador Fulgencio Batista”, escreveu no jornal oficial Juventud Rebelde, o chefe do Sindicato dos Jornalistas de Cuba, Ricardo Ronquillo.

Os deputados eleitos por voto direto ou secreto nas últimas eleições gerais selecionarão o Presidente, Vice-Presidente e Secretário da Assembléia Nacional, bem como os membros do Conselho de Estado.

Até agora, o chefe do Conselho de Estado e do Conselho de Ministros é Miguel Díaz Canel. As funções serão separadas a partir dessa semana.

O presidente e o vice-presidente da República também serão eleitos, depois que as eleições desapareceram quando a estrutura em vigor foi estabelecida em 1976. Supõe-se que Diaz-Canel será eleito presidente, embora a Comissão Nacional de Candidatura não tenha tornado públicos os nomes propostos.

A Constituição cubana estabelece que o PCC “é a principal força superior à sociedade e ao Estado”, de modo que seu Comitê Central deve se reunir antes da votação para ouvir e pronunciar-se sobre os candidatos. Raúl Castro, 88 anos, é o primeiro secretário do PCC até o próximo congresso em 2021. Segundo suas palavras, seu eventual substituto será Díaz Canel, 59 anos, que, se assim for, combinaria a liderança do partido e a presidência da república.

*Via Nation. Tradução e adaptação REDAÇÃO Seu Amigo Guru.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!