Apaixonar-se pelo personal trainer é quase inevitável? Ninguém te entende melhor do que aquele que te faz suar!

De Lucas Rodríguez

A proximidade com alguém que está nos fazendo melhorar seria a receita perfeita para o desastre, de acordo com a ciência.

Em nossas vidas modernas e suburbanas, ouvimos todos os tipos de histórias e rumores de que não damos muita importância, até encontrarmos alguém que acabou por vivê-los.

Quase se poderia dizer que uma parte fundamental da vida de hoje é onde passamos muito tempo em nossos trabalhos ou dedicados a olhar para telas, tudo para conseguir dinheiro suficiente para pagar aluguel e contas, os rumores são necessários para sobreviver.

Como todos sabemos, os rumores mais atraentes de todos são aqueles que têm a ver com relacionamentos ilícitos, especialmente se ocorreram entre pessoas que compartilharam algum trabalho ou atividade recreativa.

Entre eles, talvez o mais comum, o mais mitológico, seja aquele que deixou tudo para fugir com seu personal trainer.

Todos nós já ouvimos histórias de paixões secretas por um personal e todos nós achamos divertido, até conhecermos alguém que estrelou uma dessas histórias.

O comum desta história chamou a atenção de spoilers por excelência, a comunidade científica.

Mesmo sem ter a necessidade de se esforçar e suar muito, a ciência apontou que tudo é devido a um coquetel muito comum de hormônios, que são liberados quando colocamos nossos corpos sob a pressão do exercício.

Segundo especialistas da Society for Neuroscience , de Nova Orleans, quando nos exercitamos, nossos corpos liberam oxitocina e endorfina, dois hormônios que têm o efeito de nos fazer sentir bem.

Sua finalidade é nos recompensar pelo esforço, mas seus efeitos colaterais também são para nos atrair para aqueles que nos conduziram a isso em primeiro lugar.

Passar três vezes por semana com um treinador que nos faz passar por isso é uma receita para o desastre que não parece fácil de evitar.

É lógico pensar, então, que somos atraídos por uma pessoa que, na prática, é dedicada não apenas a nos fazer nos sentir bem três vezes por semana, mas, de passagem, nos faz sentir melhor do que em qualquer outro momento. Embora para alguns especialistas, o relacionamento seria ainda mais profundo do que isso:

Clientes e especialistas tendem a criar relacionamentos bastante próximos.

“Quando você está treinando cara-a-cara com alguém, três vezes por semana, você começa a confiar neles e a se abrir. Isso leva a abrir e mostrar como alguém realmente é, incluindo aspectos que não têm nada a ver com esporte. Um treinador pode acabar funcionando como um tipo de terapeuta”.
–Carl Martin, gerente de treinamento pessoal da Equinox-London

Agora que você sabe, tenha em mente que:

1) é muito mais comum do que você pensa, e;

2) pode acontecer com você também.

*Via UPSCL. Traduzido e livremente adaptado por REDAÇÃO Seu Amigo Guru.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!