Americana cobra dos filhos e convidados US $ 90 pelo jantar de Natal! “Não sou uma instituição de caridade”

Organizar férias para amigos e família pode ser uma tarefa muito difícil. Muitas pessoas precisam ir às compras e gastar centenas, até milhares de dólares para garantir que tenham tudo o que precisam para uma abundante refeição de Natal.

Muitos não percebem tudo o que envolve fazer um jantar especial, dependendo de quantas pessoas você vaiconvidar.

Às vezes, famílias e amigos que querem nos visitar no Natal podem se tornar um grande peso no orçamento de fim de ano.

Quando você convida seus amigos e familiares para as férias, o número de pessoas que vem pode aumentar de um momento para o outro, bem diante de seus olhos.

Existem pais, filhos, primos, irmãos, irmãs, avós e até mesmo amigos da família que podem vir também. Alimentar toda a família não é um empreendimento barato.

Mas uma mãe americana decidiu encontrar uma maneira de contornar a falência para alimentar sua família no Natal deste ano.

Helen Robertson é uma mãe ocupada de dois filhos que está oferecendo o jantar de Natal este ano, com uma peculiaridade – ela está cobrando seus convidados para virem.

A mãe diz que, anteriormente, ela contraiu muitas dívidas para ter toda a família nas férias.

O objetivo de Robertson é entrar no novo ano “sem dívidas”.

Realizar um grande jantar de Natal não vai ajudá-la com suas faturas acumuladas de fim de ano, portanto, para entrar em 2022 sem dívidas, ela decidiu cobrar.

No ano passado, a mãe de dois filhos acumulou $ 3.000 em dívidas quando ela decidiu oferecer o jantar de graça.

A pandemia fez com que a temporada de férias anterior “não gerasse uma divida maior.

Com bloqueios e regulamentos sobre quantas pessoas poderiam comer em certas casas em um determinado momento, a temporada de férias anterior não foi tão ruim, nem cara, para Robertson, porém esse ano, os convidados vão ultrapassar o bom-senso.

Ela alegou que tinha 12 pessoas vindo para o jantar e ela simplesmente não conseguia fazer aquele trabalho todo sozinha.

Ela até falou que se sentia um pouco “usada”.


Unsplash | Madie Hamilton

“Não sou uma instituição de caridade e, embora adore entreter as pessoas, não consigo “bancar” uma refeição de Natal completa com todos os acompanhamentos para amigos e família”, disse Robertson ao The Sun.

Então, ela decidiu seguir um caminho diferente este ano.

A mãe está pedindo que todos os que comparecerem paguem US $ 90 pela refeição de Natal este ano.

No entanto, Robertson está sendo atenciosa no sentido de que está incluindo todas as preferencias dos convidados. Não é apenas o jantar normal de sua família, onde você come um pouco de salada e uma refeição.

Em vez disso, Robertson diz que “todos receberão uma entrada, pratos principais, sobremesas, canapés e lanches, bem como uma taça de champanhe ou suco.”

Ela também leva em consideração a dieta de todos.

Ela não apenas cozinhará uma refeição inteira, mas também oferecerá opções diferentes para as restrições alimetares de todos, incluindo vegetarianos e veganos.

Além disso, as pessoas sempre têm “solicitações” a acrescentar. Por que o preço? Bem, é comparável a outros hotéis e restaurantes, de acordo com Robertson.

americana-cobra-dos-filhos-e-convidados-us-90-pelo-jantar-de-natal-nao-faco-caridade2
Unsplash | Solen Feyissa

Cobrar parentes e amigos não é algo a ser feito “facilmente” e algumas das reações das pessoas foram confusas.

“Mas é claro que as reações das pessoas foram mistas – e houve uma certa surpresa quando enviei às pessoas uma fatura anexada ao convite para o jantar de Natal”, disse ela.

Alguns estavam totalmente de acordo, outros, reclamaram.

“Meia hora depois do e-mail ser enviado, cinco pessoas me disseram que era uma ótima ideia. E duas até colocaram um depósito na minha conta de imediato para o jantar de Natal”, disse Robertson.

americana-cobra-dos-filhos-e-convidados-us-90-pelo-jantar-de-natal-nao-faco-caridade4
Unsplash | Solen Feyissa

Mas, como era de se esperar, também houveram alguns que não ficaram tão empolgados por terem sido “cobrados” por uma refeição caseira.

Alguns disseram que foi “o último ato de ganância e egoísmo, e não de espírito de Natal”.

Algumas pessoas não se interessaram, nem gostaram de receber uma fatura com o seu convite para jantar e optaram por não virem porque eu os cobrei.

Apesar do alto preço para planejar e executar a refeição, eles ainda disseram que não queriam pagar.

No entanto, alguns que nem mesmo foram convidados já entraram em contato comigo para saber dos detalhes.

“Alguns pais da escola de George até me pediram cópias de meus menus, guias de planilhas e e-mails que envio informando às pessoas sobre a estrutura de custos e como me pagar”, disse a mãe de dois filhos.

É definitivamente uma situação complicada, e tudo o que posso dizer é que cada pessoa tem uma situação financeira diferente! A minha é essa e, quem quiser vir para o Natal, terá que pagar.

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações The Sun.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!