Alagoano vende tudo para cuidar de 800 cães abandonados

Seu Antonio, morador de Alagoas, cuida de 800 cães abandoados e resolveu vender tudo para se dedicar a esse trabalho voluntário.

Esse alagoano deu um exemplo de amor aos animais quando decidiu adotar cerca de 800 cães abandonados.Com 58 anos, ele decidiu largar tudo e vendeu o que tinha, para conseguir cuidar desses anjinhos.

DA sua cachorra faleceu de câncer e a dor foi tão grande que Antonio vendeu tudo que tinha e comprou uma chácara Marechal Deodoro para abrigar os acães de rua.

Hoje, além dele, mais três pessoas ajudam a cuidar dos cachorros no santuário que ele abriu em Alagoas.

A decisão que deu início a essa missão

Para comprar a chácara, ele teve que vender alguns imóveis e afirma que não se arrepende. A reserva financeira que ficou, ele usa para alimentar os bichinhos. São mais de 200 quilos de ração por mês que ele gasta e, até agora, tudo tem dado muito certo, com a ajuda de amigos e apoiadores.

Além dele, o abrigo tem dois funcionários que ajudam com os cachorros durante o dia.

Mais pessoas se uniram ao seu Antonio, como a cozinheira, que faz a comida dos cachorros que precisam de algo especial por algum problema que possuem (doença, imunidade baixa, desnutrição).

Um sonho realizado

Seu Antonio diz que tem sonhos para o abrigo e quer melhorar as condições para que os cães tenham uma melhor qualidade de vida. Ele iniciou a construção de uma baia, para que possa alocar cada cãozinho sem que eles corram riscos.

Ele agradece as doações e coletas, e não se arrepende de ter renunciado a tudo para estar com os cães.

O despreendimento de Antônio é um exemplo de amor em um momento onde muitas pessoas só pensam em si mesmas.

Diversas doações chegam diariamente no abrigo – Foto: reprodução Instagram

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações do Abrigo São Cão

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!