O ensinamento espiritual é claro: “A semeadura é livre, a colheita é obrigatória”, portanto, é o momento de refletirmos sobre os frutos que estamos colhendo em nossas vidas como um todo, nos campos material , nossos negócios, nossa saúde, nossos relacionamentos e demais setores tão importantes para nós.

O processo de transição planetária está acelerando todos os nossos processos internos e externos, inclusive a lei de causa e efeito…

É importante saber que não existe a possibilidade de evitar a colheita do que já foi semeado por nós, se semeamos com sabedoria iremos colher bons frutos, do contrário teremos de colher e usufruir dos frutos amargos.

Mas é importante ressalvar que embora não possamos evitar a colheita seja ela como for, nós estamos sempre semeando, todos os dias de nossas breves vidas na terra e desta forma a semeadura pode ser alterada a qualquer momento porque somos nós mesmos que escolhemos as sementes.

Desta forma se estamos semeando sementes ruins, podemos mudar a qualidade destas sementes e assim mudarmos os frutos de nossa colheita, para isto basta sabermos separar as sementes boas das ruins e então lançá-las ao universo.

Portanto amados vamos começar agora fazendo uma boa e rigorosa seleção de nossa sacola de sementes, vamos dispensar as sementes ruins e separar as boas para então entrega-las ao universo e então todo o processo que levará a hora da colheita acontecerá naturalmente, no tempo de Deus.

Dispensem as sementes da inveja, da vingança, do ódio e todas outras que pela frequência vibracional só irão gerar frutos amargos para colhermos e então selecionando em nossa sacola somente as sementes de boa qualidade que irão gerar os bons frutos do qual iremos usufruir com grande prazer.

Vamos todos a partir de agora fazer esta seleção e sem medo espalhar nossas boas sementes por onde passarmos, as sementes do amor incondicional, do perdão, da fraternidade, da solidariedade, da gratidão, da tolerância, do altruísmo, da humildade de coração e todas as demais sementes de frequência vibracional elevadas e então deixemos que o universo se encarregue da germinação e de todo o processo que nos levará á colheita dos frutos.

Amados quando digo que a hora da colheita chegou estou dizendo que a hora da consciência chegou, portanto o recado aqui é: “É chegada a hora de parar de sofrer por si mesmo, façam isso e deixem que o universo fará a parte dele”.

Sejam felizes semeando e colhendo com consciência.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




João Luiz Spósito
João Luiz Spósito, nascido em Niterói RJ e radicado em Brasília. Desde 2007 desenvolve atividades na diretoria do Espaço Terapêutico Portal Via Luz em Brasília.Terapeuta Reikiano. Médium espiritualista cristão especializado em cura desobsessiva desde 1998. Trabalha com aconselhamento em casos terapêuticos mais delicados, onde a origem espiritual se faz mais presente. Conhecimentos em radiestesia, homeopatia e terapias energéticas variadas atuando nos corpos sutis: emocional, mental e espiritual. Escritor e palestrante .